quinta-feira, 23 de setembro de 2010

curiosidades interessantes

Houve muitas empresas que foram pioneiras em introdução de alguns modelos, o Comil Svelto rodou pela primeira vez fixo na Sandra, depois outras empresas compraram, mas não fez sucesso, em sua versão, mas popular em BH, o geração III, até a Zurick tem deles rodando na 1502 (fotos na seção comil em BH nesse blog) se não saíram de linha, no entanto um dos modelos de mais sucesso em BH não tem, em sua maioria, unidades compradas zero km, o famoso ciferal Gls bus. Isso une duas empresas muito diferentes, a expresso Luziense e a auto viação pioneira, pois elas trouxeram o gls bus com motor dianteiro na mesma época, o VW somente a pioneira trouxe, mas o MBB 1418 e 1618 da Luziense era brutal, eu não me recordo quantos vieram pra pioneira, mas sei que na Luziense foram cinco VW 16180, A269, 307 e 308 (que foi vendido depois de um grave acidente com seis meses de uso), 483 e 484, e os MB foram A323, 387, 388, 433, e A 434 e o melhor de todos, aquele que merece todas as honras o A558, que subia a ladeira do Hospital Belo Horizonte as cinco da manhã de quinta marcha e gritando,eu era cobrador nesse carro em 2001, alem de mais quatro na expresso Santa Luzia. Sendo que os MB e o A269 ter minaram seus dias na 2240A e B, menos o A433 que acabou no 5516A e o 434 que desde a sua chegada ficou no 2241B. Desde então todos os ciferais dianteiros, VW ou MBB chegaram do Rio de Janeiro e de outros Estados, mas zero km, esses foram os primeiros, veja e comente.



2 comentários:

  1. O interessante destes primeiros GLS bus (Pioneira) vieram com balaústres da cor laranja! eu trabalhava na Pioneira em 1994 e me lembro quando esses carros chegaram, e não agradaram! Hoje estão parados no Anel, eu acho que estão fazendo fretes ou á venda.

    ResponderExcluir
  2. os da Luziense rodaram e rodaram até o fim, mas os mercedes eram bons, os volks só no primeiro ano, os mercedes tinham como premissa esquentar demais, o A388 dava cem graus e não travava, dos volks o melhor e que está como veiculo de treinamento na luziense foi o A483, eu sei que dos cinco, tres bateram forte, o A484, o A307 e o A308, no final de carreira o A558 subiu o morro do SESI, no conjunto palmital A, em Santa Luzia, cheio, com gente em pé, de quarta marcha e pedindo pra gritar e por quinta, ele era mercedes, o careá eu queria uma foto desses carros, os que temos da pioneira, são os urbanus I, ja com a pintura do der e a unica foto do A269 ele ta de frente e fantasiado

    ResponderExcluir